aPOIO pSICOSSOCIAL

  • Plano de estudos
    Plano de estudos
    Componentes de FormaçãoTotal de Horas de Formação
    SÓCIO-CULTURAL:
    Português 320
    Língua Estrangeira I ou II 220
    Área de Integração 220
    Tecnologias de Informação e Comunicação 100
    Educação Física 140
    CIENTÍFICA:
    Psicologia 200
    Sociologia 200
    Matemática 100
    TÉCNICA:
    Apoio Psicossocial 225
    Desenvolvimento Psicossocial 300
    Comunidade e Intervenção Social 300
    Psicopatologia Geral 400
    Formação em Contexto de Trabalho 715
  • Perfil de Desempenho
    Perfil de desempenho

    O Técnico de Apoio Psicossocial qualificado apto a promover, autonomamente ou integrado em equipas multidisciplinares, o desenvolvimento psicossocial de grupos e comunidades no domínio dos cuidados sociais e de saúde e da intervenção social e comunitária.

  • principais atividades
    principais atividades

    Colaborar na identificação, análise e avaliação diagnóstica de indivíduos, grupos ou comunidades em diferentes contextos de vulnerabilidade e risco biopsicossocial.

    Desenhar e planear em conjunto com as equipas técnicas multidisciplinares projetos de intervenção social que deem resposta às necessidades diagnosticadas.

    Intervir, integrado em equipas multidisciplinares, na organização e dinamização de projetos de intervenção social de resposta às necessidades diagnosticadas.

    Promover o estabelecimento de redes entre os vários parceiros sociais, articulando a sua intervenção nas respostas aos problemas detetados.

    Monitorizar e avaliar em equipa multidisciplinar a evolução dos processos em acompanhamento nos domínios da intervenção.

    Colaborar na implementação de ferramentas de avaliação de impacto social sustentadas em indicadores que calculam o retorno do investimento nos projetos permitindo melhorias no seu desempenho e gestão.

    Participar em ações de intervenção preventiva (Universal e Seletiva), em equipa multidisciplinar, no âmbito dos comportamentos aditivos e nas dependências, com ou sem substância em diversos contextos, nomeadamente contexto educativo e comunitário.

    Colaborar em atividades de intervenção de Redução de Riscos e Minimização de Danos (RRMD) associados aos consumos de sustâncias psicoativas lícitas e ilícitas, em equipas multidisciplinares.

    Colaborar em atividades de intervenção no âmbito da reinserção social, em equipas multidisciplinares.

    Colaborar em atividades de intervenção no âmbito da saúde mental, em equipas multidisciplinares.

    Colaborar em atividades de intervenção no âmbito da deficiência, em equipas multidisciplinares

    Colaborar na elaboração de relatórios de atividades do projeto de intervenção.